UM GOLE DO UNIVERSO

em crônicas

Em 2016 coloquei como uma das metas do ano "Aprender a fazer um bom nhoque", mas foi só no final de 2018 que finalmente fiz um nhoque com cara e sabor de nhoque. Um prato que eu pensei "Eu pagaria por isso em um restaurante. Não pagaria muito caro, mas pagaria". E considerando meus talentos gastronômicos, pra mim isso foi uma baita conquista, que só foi possível porque eu me empenhei muito mais do que nos anos anteriores. Em um mês eu fiz mais nhoques (e tentativas de nhoques) do que a soma de todas as tentativas dos dois anos anteriores. Eu aprendi empiricamente que a repetição constante é um importante hábito para aprendermos a fazer algo que exige técnica, tal como escrever... Que é uma das minhas metas de 2019 :)

  • Karen Harumi

Cinco

Atualizado: 20 de Set de 2019

[11° dia]

Meus primos, Enrico e Diovana, que estão na nossa casa nessas férias, acabaram de chegar da visita que fizeram na casa da minha irmã do meio e a Diovana se surpreendeu com meu cabelo:


"Mas você cortou o seu cabelo de novo? Três dias e você já mudou tanto!"


Respondi afirmativamente, e o Enrico, irmão mais novo da Diovana, comentou "Eu já tinha reparado bem antes, quando chegamos." Eu adoro a noção de tempo dele, "bem antes" tinha sido há 10 minutos.


E então ele continuou a falar, olhando para a Diovana, "Sabe quem ela tá parecendo?".


E antes mesmo dela responder eu já fiz careta com medo, porque da última vez que ele fez a mesma pergunta, ele concluiu que eu parecia um tal de Minguado, que segundo ele é "famoso na internet por ser irritante". No dia, ele sabia que a comparação não era bem elogiosa e complementou "Mas o seu jeito é mais natural, é fofinho, ele é bem forçado! E eu gosto de você! Dele às vezes eu tenho raiva de existir...". Talvez ele tenha sido sincero, talvez ele só estivesse com medo que eu não o deixasse jogar Mortal Kombat mais.


Então ele mesmo se respondeu quando a Diovana ficou me olhando sem adivinhar: "A Eloá!"


"É verdade! É igualzinha a Eloá! É uma menina lá da nossa igreja." A Diovana concordou.


Eu não sei se eu fiz uma cara nova ou se eu só não mudei a careta, mas o Enrico dessa vez quis se assegurar que eu me sentisse elogiada pela comparação "Mas pode ficar tranquila! Não é como a vez do Linguado! Na verdade é o contrário. Você pode se considerar uma menina muito bonita, porque a Eloá é bem bonita e meiga."


"Ela é mesmo muito fofinha." Tinha algo no jeito que a Diovana falou esse "fofinha" que me fez perguntar:


"Quantos anos tem essa Eloá?"


"Cinco."


"CINCO? Cinco anos? Vocês estão dizendo que eu pareço uma criança de cinco anos?!"


"Sim." E o Enrico que estava meio encolhido foi mudando a postura e estufando o peito quando sentiu ter encontrado a resposta perfeita: "Você parece muito com ela, mas é só de cara! De corpo é claro que você parece um pouquinho mais alta."



[PAREÇO um POUQUINHO mais alta]



Por falta de fotos da Eloá, coloco aqui uma foto de quando eu tinha seis anos

(também não encontrei nenhuma foto minha com cinco anos)

Ao que tudo indica devo continuar bem parecida com essa foto de 95,

só pareço um pouquinho mais alta

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo