UM GOLE DO UNIVERSO

em crônicas

Em 2016 coloquei como uma das metas do ano "Aprender a fazer um bom nhoque", mas foi só no final de 2018 que finalmente fiz um nhoque com cara e sabor de nhoque. Um prato que eu pensei "Eu pagaria por isso em um restaurante. Não pagaria muito caro, mas pagaria". E considerando meus talentos gastronômicos, pra mim isso foi uma baita conquista, que só foi possível porque eu me empenhei muito mais do que nos anos anteriores. Em um mês eu fiz mais nhoques (e tentativas de nhoques) do que a soma de todas as tentativas dos dois anos anteriores. Eu aprendi empiricamente que a repetição constante é um importante hábito para aprendermos a fazer algo que exige técnica, tal como escrever... Que é uma das minhas metas de 2019 :)

  • Karen Harumi

Do balacobaco

Atualizado: 11 de Ago de 2019

[22º dia]

Hoje é meu último dia de trabalho em Dionísio Cerqueira.


Essa cidade me acolheu muito bem. Logo na minha chegada fui recepcionada por um Meia-Noito* e uma Banana-Ouro* (descobri que a Banana lá de casa, se tivesse nome completo, seria Banana-da-Terra) e isso fez com que eu me sentisse chegando em casa.

Foi como se eu tivesse entrado em um mundo paralelo onde a Meia-Noite gostasse de carinho na cabeça e a Banana tivesse perdido algumas manchas e emagrecido uns 3kg. Um mundo onde EU não DURMO de CALOR! Um mundo onde não quero tacar nenhum glitter na cara, que eu não gosto de ceviche (¡¡¡CEVICHE!!!), que eu não quero usar tênis, que o meu cabelo fica mais sedoso sem condicionador, que eu consigo abrir o vinho com uma faca, que eu assisto filme de terror à noite e que eu prefiro o jantar do que o café-da-manhã!


SIM!!!


É um mundo irreal!


Todos os dias algum cachorro ou gato, e em muitos dias uma matilha toda, caminhavam ao meu lado no caminho para o trabalho. Comi um lanche que abriu um portal que me levou direto pra Lorena, há mais de 1.100km daqui. Andei em ruas argentinas que eu tenho certeza que não sabem ainda da existência da internet e que se eu entrar dentro de uma casa eu escutaria o lançamento de Girls Just Wanna Have Fun ou Sweet Dreams (are made of this) sem ter o cenário de Casos de Família de fundo.


Mas como até filme bom pode ter um fim repentino, pisquei e já estou de partida, abraçando cachorro da casa dos outros, dando tchau pra gente do outro lado da rua e agradecendo essa cidade que abrigou momentos singelos que foram do balacobaco!


Meia-Noito e Banana Ouro <3




*Meia-Noite e Banana são os nomes das duas gatinhas que moram comigo em São Paulo. Meia-Noite é uma gata preta e a Banana uma gata (corintiana, mas) tricolor.

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Entidade

 
 

Em ©2021 eu ainda estava morta.